Instalação CFTV

Instalação CFTV Passo a Passo

Instalação CFTV

Há uma grande procura pela instalação de sistema CFTV (circuito fechado de televisão) em residências, empresas e condomínios. O profissional que atua na área de segurança eletrônica precisa conhecer bem essa tecnologia, sua função e benefícios para que possa oferecer um projeto de segurança efetivo.

Circuito fechado de televisão é uma tecnologia baseada no monitoramento de ambientes através de câmeras analógicas ou digitais que se difundiu bastante nos últimos anos em residências, empresas, estabelecimentos comerciais e condomínios. O sistema CFTV exerce um papel importante na prevenção e repressão de delitos.

Um bom sistema de monitoramento por CFTV permite aumentar a segurança, tanto empresarial quanto residencial ou condominial, impedindo as práticas ilícitas de furtos, roubos, depredação, invasão, vandalismo, entre outros.
Além de permitir a segurança, reduz a necessidade de trabalho por parte de vigilantes, favorecendo um trabalho de pronta resposta, de rápida tomada de decisões em casos de emergência e tudo isso com uma relação custo-benefício bem menor, já que possui um custo de manutenção relativamente baixo.

                                 Empresas de Instalação CFTV

A maioria das pessoas que frequentam ou que trabalham em locais monitorados por CFTV,  percebem que o ambiente se mostra mais agradável e seguro. Esse é um fator que os especialistas em segurança classificam como fator psicológico de dissuasão, evitando as práticas criminosas a partir do momento de sua instalação.

A instalação, inicialmente, é feita através do estudo do ambiente com a escolha dos pontos onde serão colocadas as câmeras. Esse mapeamento é de suma importância pois identifica os pontos vulneráveis do ambiente.

 

          Qual a Autonomia de Gravação de um CFTV

O sistema de CFTV não é completamente autônomo e independente. Os equipamentos de vigilância sempre precisam de profissionais treinados para sua instalação, operação e manutenção.
Por mais avançado que seja um sistema de CFTV, sempre deve ser feita por pessoas, já que esse é um fator de extrema importância para a tomada de decisões.
A instalação de um sistema de CFTV é de suma importância para o monitoramento de qualquer local, empresa, residência ou condomínio, tanto do interior quando dos arredores.

A autonomia de gravação depende de vários fatores como: número de câmeras, resolução, taxa de frames por segundo e do tamanho do HD do aparelho em que serão gravadas as imagens.Outro fator importante, que devemos levar em consideração, é o algoritmo de compactação que o aparelho utiliza para realizar a gravação. Há, no mercado, uma série de equipamentos com diferentes tipos de compactação. Os mais comuns são: MPEG2,MPEG4 e H.264. Este último é o mais eficiente e é o que a Gunnebo utiliza em seus equipamentos.

 

                                        Que tipos de câmeras estão disponíveis atualmente no mercado?

São diversos os tipos de câmeras de segurança disponíveis, cada um com suas especificidades, e podem ser agrupados em: fixas ou móveis, analógicas ou IP.

Câmeras fixas se dividem em:

1-Box: são conhecidas por seu formato parecido ao de uma caixa;
2-Dome: bastante comuns, têm formato arredondado, parecido com uma bolha;
3-Bullet: com formato cilíndrico em lente, tem sensor infravermelho;
4-Pinhole: São extremamente pequenas e possuem lentes com o tamanho de uma cabeça de alfinete. Indicadas para locais onde há a real necessidade de ocultar as câmeras.

Em relação às câmeras citadas acima, ela também podem possuir  diversos tipos de lentes como:

Lentes do tipo fixa – que tem um valor que não pode ser alterado – por exemplo: 3.6mm, que é a lente mais comum utilizada no mercado por se aproximar à visão do olho humano.

lente varifocal – onde o valor pode ser ajustado conforme necessidade – por exemplo: lentes de 4 a 12mm, onde 4mm é valor mínimo de visualização, e 12mm é o zoom de 3 vezes na visualização da imagem.

Já as câmeras de segurança móveis são divididas em:

Speed Dome: é a câmera ideal para trabalhos de segurança ostensiva, por possuir uma alta velocidade horizontal, taxa de zoom elevado, sendo os mais comuns 23x, 25x, 27x e 32x de zoom. Possui vários tipos de ajustes dentre eles BLC, DNR, WDR e opções de presets, patern e outros.

Pan-tilt: é mais utilizada por operadoras de estradas, não sendo tão conhecida no mercado de varejo. É uma caixa estilizada, com movimento horizontal e perpendicular, a câmera se encontra dentro de uma caixa de proteção, do tipo box com lente varifocal.

" was added to wishlist